Salinas garante final no saldo de gols

Depois de vencer o 1º jogo por 4x1 diante de sua torcida, salinenses perdem de 2x0 em São João e vai para a final da Copa Folha Regional
 
A semifinal disputada entre as seleções de Salinas x São João foi marcada pela enorme rivalidade, forte marcação, reclamações contra arbitragem e muitos gols. O 1º jogo, disputado em Salinas, foi decisivo, pois os donos da casa abriram vantagem no placar com grande apoio da torcida. O 1º gol de Salinas foi marcado pelo meia Veinha. Depois, a seleção de São João chegou ao empate com gol de Juvenil.

Até então a partida estava muito equilibrada, com oportunidades para as duas seleções. Mas, aos poucos, empurrada pela torcida, Salinas foi dominando a partida e fez o 2º gol com o atacante Arthur. Em desvantagem no placar, São João buscava o empate, mas, aos 20 minutos do 2º tempo, a seleção de Salinas conseguiu armar um rápido contra-ataque e ampliou o placar para 3x1, com belo gol do atacante Pintinho. Logo depois, a situação complicou ainda mais para a seleção de São João, pois o meia Valdeir, após falta dura, foi expulso, abrindo espaço para Salinas marcar o 4º gol no final do jogo, com o meia Gandhy.

No jogo da volta, em São João do Paraíso, os donos da casa tinham que vencer com diferença de três gols para levar a decisão aos pênaltis e logo aos 4 minutos conseguiu abrir o placar com rápida jogada do atacante Jairo, levando a torcida ao delírio e aumentando as esperanças de classificação para a inédita final.

Com o decorrer do tempo, o jogo foi ficando nervoso e os atletas passaram a reclamar das marcações da arbitragem, perdendo muito tempo. São João sufocava e Salinas tentava jogar nos contra-ataques. O jogo era muito conversado e com poucas oportunidades de gols.

Aos 43 minutos, a seleção de São João conseguiu ampliar o placar para 2x0, com gol de Juvenil. O árbitro deu 4 minutos de acréscimo e quando tudo indicava que haveria grande pressão em busca do 3º gol, um torcedor de São João, mais uma vez, jogou lata de cerveja no gramado, parando a partida num momento crucial, para alívio dos salinenses. 

Ao final, os jogadores de São João reclamaram contra a arbitragem da não marcação de dois pênaltis.



Comentários

Mais lidas da Semana

Prefeitos decidem reduzir ano letivo, fechar prefeituras e cancelar convênios

Megaoperação desmantela quadrilha de assalto a banco

PM mata suspeito em confronto