Polícia Civil de Salinas prende falsificador de cachaças

Garrafas apreendidas durante a operação
Dois dias após o Jornal Folha Regional denunciar a falsificação de cachaças de Salinas, a Polícia Civil acabou de prender, através de mandado de busca e apreensão, um homem identificado por Claudomiro Modesto da Silva, popular Culinha, de 50 anos, que é tido como um dos maiores falsificadores da bebida na região. O mandado foi expedido na manhã dessa sexta pela juíza da Comarca, Aline Stoianov.

Durante o cumprimento do mandado, a equipe do delegado José Eduardo encontrou centenas de garrafas na residência do suspeito, que recebeu voz de prisão de imediato. Ele será indiciado no Artigo 272, que reza sobre falsificação de bebidas.

Conforme as investigações, os rótulos das marcas estavam sendo impressos em Belo Horizonte. Entre as marcas falsificadas estão Canarinha, Havana e Indaiazinha.

Comentários

Mais lidas da Semana

PM de Taiobeiras prende traficante em ônibus clandestino

Tático Móvel de Taiobeiras prende traficante

Copasa inicia rodízio em Taiobeiras