Facebook

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Em Salinas, entregador de lanches vendia maconha

Jovens de 21 anos eram primários, mas já vinham sendo investigados
Na noite de terça (23), por volta das 22 horas, as Guarnições da Polícia Militar de Salinas, composta por Sargento Dirceu, Cabos Messias e Fábio, e pelos Soldados Vilela, Everaldo, Sobrinho e Aguilar, foram acionadas por denúncia anônima que informava tráfico de drogas cometido por um entregador de sanduíches.

Ao fechar à lanchonete, localizada na Avenida Antônio Carlos, os militares abordaram o jovem denunciado, identificado por Felipe, de 21 anos. Durante a busca pessoal, os policiais encontraram no bolso da calça um tablete de aproximadamente 50 gramas de maconha e dinheiro trocado.

Depois de receber voz de prisão, o jovem entregou seu comparsa, identificado por Vanderlei, também de 21 anos, que mora no bairro Maracanã. As Guarnições deslocaram até a residência denunciada pelo autor, onde encontraram mais dois tabletes de maconha, pesando 25 gramas cada. E para surpresa dos militares, também foram encontrados vasos plásticos para cultivar mudas de maconha.

Os policiais apuraram que o entregador de lanches usava o trabalho na popular lanchonete para vender a droga. Os dois autores são primários, mas os policiais já estavam de olho neles há certo tempo. Ambos foram levados para a Delegacia, onde o flagrante foi lavrado.
Materiais apreendidos com os autores

5 comentários:

  1. Ostentação, ninguém tem vida fácil e salinas não esses jovens anda com roupas de marcas caras tênis .. jóias so no luxo ta ai o resultado de onde vem a grana para ostentar tanto ..beleza não se compara com riqueza jamais Deus tenha misericórdia dessas pessoas e que elas saiba que dinheiro não é tudo ñ vida muito menos beleza física .

    ResponderExcluir
  2. Ai sim em salinas tem policia pm pc agora taiobeiras aaiaiaiaitem como manda ums 3 pra ca nao.porque aqui nao tem policia

    ResponderExcluir
  3. Acho e pouco, ambos bem empregados, e tem jovens ai se matando no Sol, e eles não valorizam seus empregos e nem sua liberdade. Quem escolhe ser traficante, não tem consciência nenhuma, falta o discernimento e a inteligência. Burrice pra quem escolhe esses caminhos.

    ResponderExcluir
  4. Queria saber o porque da tarja, já que são maiores de idade.

    ResponderExcluir