Facebook

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Caso Leidiane - Advogado entra com pedido de multa e bloqueio de verbas

Leidiane, de 23 anos, depende da Justiça para conseguir o remédio que permite a continuidade do tratamento
Juíza Erica Climene já despachou na petição, mas conteúdo só será conhecido nessa terça (24)

Na tarde dessa segunda (23), por volta das 13 horas, o advogado Anderson de Barros Brito, defensor da paciente Leidiane dos Santos, que luta contra um tumor no cérebro, protocolou no Fórum de Salinas uma petição que pede à juíza Erica Climene a aplicação da multa arbitrada ao prefeito de Salinas, Kinca Dias, por descumprimento de Decisão Judicial.

O advogado pediu também o bloqueio das verbas municipais no intuito de que seja garantida a aquisição do medicamento Temodal, cujo uso pela paciente é de extrema urgência, mas já se passaram 51 dias e a Decisão Judicial vem sendo lamentavelmente descumprida.

E para completar, foi protocolada ainda denúncia ao Ministério Público quanto ao possível cometimento de crime de responsabilidade por parte do prefeito Kinca.

A Prefeitura de Salinas tem cinco advogados no processo: Vitor Sarmento Petroni Pena Santiago, Bruna Araújo, Lilian Gabriela Alves Sena, Luiz Estanislau Martin Veloso e Maria Antônia da Silva Jorge, que também deverão tomar conhecimento do Despacho nessa terça.

Também na tarde dessa segunda, a reportagem tentou falar com a juíza responsável pelo caso, Dra. Erica Climene, mas a meritíssima não quis conceder entrevista e afirmou que se manifestará apenas no processo.

No final do expediente, a juíza, com a celeridade que o caso merece, proferiu Despacho nos Autos, mas a reportagem ainda não teve acesso ao conteúdo, que só será publicado oficialmente na manhã dessa terça (24).

Com isso, fica a expectativa para saber se a juíza aceitou ou não os pedidos feitos pelo advogado da paciente Leidiane, que permanece sem receber nenhum tipo de satisfação, oficial ou verbal, da Prefeitura de Salinas.

5 comentários:

  1. O caso é preocupante afinal é caso de saúde. Mas, acho que devemos parar um pouco e achar que o público tem que servir a individualidade. O grau que isso tomou parece que só existe esse caso de câncer. O que de fato não é verdade. Existe muita gente sendo tratada de câncer e pelos custos do SUS. Do jeito que colocam as coisas parece que o poder público ao se ver diante de UM ÚNICO caso de câncer se mostrou ineficiente, ou ainda, que somente esse prefeito agiu dessa forma. O que devemos fazer é nos unir e mostrar força na solidariedade. Depender do poder público, seja ele quem for está sujeito a isso. Acho que a justiça poderia na decisão liberar para a família o uso de parte de dinheiro apreendido do crime que está à disposição da justiça. Essa atitude certamente iria enobrecer a justiça que, com isso, faria bem mais do que simplesmente jogar a batata quente para o próximo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo comentario,

      Excluir
  2. Ja falei e repito se fosse o filho dele esse prefeito de bosta tinha a verba as e de uma pessoa humilde ai nao tem cuidado kinka todo mau que vc esta fazendo em salinas voltara p vc

    ResponderExcluir
  3. A causa leidiane virou politicagem os covarde aproveitou disso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho, só que aqui qdo tem o dedo influente arrumam vaga e tudo se resolve rapidamente mais qdo não se tem ai da no que dá.

      Excluir