Governo reajusta o preço do leite

Valor pago ao produtor pode chegar a R$ 1,24
Além do aumento do valor contratado, que vai passar de R$ 0,97 para R$ 1,13 o litro, Governo de Minas pretende garantir reajuste de mais 10%. O reajuste visa atender reivindicação dos pequenos produtores de leite que estão deixando de fornecer para o programa Leite pela Vida devido ao baixo preço pago. Por isso, o Comitê Gestor Nacional do programa autorizou, na quinta (11/08), o aumento do valor pago ao produtor.

Em Minas, o aporte já autorizado pelo governo pode ser de até 10%, conforme determina o convênio, com isso o preço poderá chegar a R$ 1,24. Já para os laticínios e cooperativas que fazem a captação e o beneficiamento do leite, o preço sairá de R$ 0,70 para R$ 0,84. Os novos preços começarão a valer a partir da publicação no Diário Oficial da União. 

O diretor do Idene, Ricardo Campos, acredita que, para atingir a meta de atender 130 mil pessoas por dia – número de beneficiários cadastrados em 193 municípios do Estado – é preciso fortalecer a base do programa. “Quando compra o leite do pequeno produtor (obrigatoriamente pronafiano) para distribuir a famílias em situação de vulnerabilidade social, o governo está também gerando renda no campo. Esse é um dos grandes benefícios que o Leite pela Vida proporciona”, destacou.

Comentários

  1. Muito pouco 1.24 mais barato que uma água mineral em um supermercado eta que nos produtor rural sofre

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

Foguetes explodem em supermercado de Matrona

Outra tragédia na BR-251