Facebook

quarta-feira, 8 de março de 2017

PM de São João prende jovem que produzia maconha

Proprietário da fazenda e autor foram presos em flagrantes
Na noite de terça (07/03) a Polícia Militar de São João do Paraíso recebeu denúncia anônima de moradores da Fazenda Argola, zona rural do município, de que um indivíduo conhecido por João, morador do bairro Taboleiro Alto, estaria traficando drogas na comunidade.

Com as informações, a Guarnição composta pelos Soldados Petterson Alves e Diego Rodrigues, passou a monitorar o suspeito, que foi abordado na Fazenda Água Branca, ocasião em que os militares encontraram um cigarro de maconha no seu bolso e ele alegou que era usuário. No entanto, no seu celular havia diversos contatos com usuários de drogas.

Questionado, o autor João Silva Braga, de 23 anos, acabou confessou que plantava maconha na propriedade do seu pai, sendo que já havia colhido e prensada a droga. No momento em que o autor levava os militares ao local da plantação, ele se jogou em uma cratera, sendo necessário ser perseguido e imobilizado pelos policiais.

Na sede da Fazenda Água Branca, de propriedade de um homem identificado por Edmar, de 23 anos, os policiais depararam com um laboratório improvisado para a produção de maconha, inclusive com plantas da erva pendurados para secagem. Os militares também encontraram maconha em pedaços de bambu e frascos de sementes para futuras plantações, além de alguns pés plantados no entorno da casa. Edmar alegou não ter envolvimento com a produção de maconha e que apenas emprestou a fazenda para João.

Ambos foram presos e conduzidos à delegacia de São João do Paraíso, juntamente com os materiais e droga apreendidos.


2 comentários:

  1. PRA ISSO NÃO TEM TEMPO RUIM... NÃO TEM ESTIAGEM.... O PROBLEMA QUE SE LEGALIZAR O USO,TEREMOS MAIS USUÁRIOS COMPULSIVOS E MAIS DESTRUIÇÃO DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS. SÓ O GOVERNO CONSEGUIR UM MEIO DE LANÇAR O IMPOSTO,ARRECADAR IMPOSTO EM CIMA DA VENDA DA MACONHA QUE ELA DEIXA DE SER PROIBIDA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complementando: Os pipas da Prefeitura e Defesa Civil fornecem a água necessário...

      Excluir