Facebook

segunda-feira, 6 de março de 2017

Três municípios de Minas vão realizar novas eleições dia 12

Alvorada de Minas, Ervália e São Bento voltam às urnas
Os eleitores das cidades mineiras de Alvorada de Minas, Ervália e São Bento Abade voltarão às urnas no próximo domingo (12/03) para eleger prefeitos e vice-prefeitos em novas eleições. Nesses municípios, o pleito de 2016 para o referido cargo eletivo foi anulado pela Justiça Eleitoral porque o candidato que recebeu a maioria dos votos válidos teve o registro de candidatura indeferido. A votação ocorrerá das 8h às 17h, no horário local.

Alvorada de Minas – Nesta cidade o candidato a prefeito mais votado em outubro de 2016, Danilio Cléssio Ferreira, da coligação PTB/DEM/PV/PTdoB/SD, teve seu registro indeferido. A Justiça Eleitoral entendeu que, apesar de Danilio ter se desincompatibilizado do cargo de secretário municipal, não se afastou das funções, tendo praticado atos como servidor público no período vedado. A inelegibilidade que fundamentou a decisão é a prevista no artigo 1º, inciso II, alínea l, da Lei Complementar nº 64/1990.

Concorrem no pleito em Alvorada de Minas três candidatos: Carlos Frederico Caldeira de Abreu (PMDB),  Cleber Bosco Padilha (PTdoB) e Vitor Hugo Ferreira (SD).

Ervália – Neste município da Zona da Mata mineira, o candidato a prefeito mais votado no ano passado, Edson Rezende (DEM), teve seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral em razão de contas públicas rejeitadas. A inelegibilidade que baseou a decisão é a do artigo 1º, inciso I, alínea g, da Lei Complementar 64/1990.

São dois os concorrentes à Prefeitura de Ervália: Alex Ruela de Almeida (PSDB) e Eloisio Antonio de Castro (DEM)

São Bento Abade – A rejeição de contas públicas também foi o motivo para o indeferimento do registro da candidata mais votada para a Prefeitura de São Bento Abade, Janete Rezende Silva, da coligação “Renovar para Crescer” (PRB/PRTB/PT/PSDC/PTdoB).

Três candidatos concorrem ao cargo de prefeito da cidade do Sul de Minas: Eneias Machado de Souza (PTB), José Roberto Furtado (PDT) e Jane Rezende Silva Elizei (PRTB).

2 comentários:

  1. E so Taio que não tem justiça e Nois sofrer mais 4 anos

    ResponderExcluir
  2. E Sta Cruz não vai ter?

    ResponderExcluir