Facebook

terça-feira, 18 de abril de 2017

Dívida de 3,5 mil teria sido motivo do assassinato de comerciante

Local do crime: comerciante foi executado com seis tiros
A execução do comerciante Luciano Cardoso de Sá, popular Lucim, de 34 anos, ocorrida na tarde do dia 17 de abril, em Santa Cruz de Salinas, teria sido motivada por uma dívida de R$ 3.500,00. É o que relatam testemunhas na ocorrência lavrada pela Polícia Militar.

Ainda conforme a ocorrência, uma testemunha relatou que esteve com a vítima pouco antes do crime, ocasião em que Lucim informou que estaria saindo para receber o dinheiro de um homem identificado por Willian, morador de um povoado do município de Medina.

A testemunha também contou para os militares que Lucim havia recebido um telefonema do autor para combinar o local de entregar o dinheiro. Mesmo sendo alertado sobre os perigos do encontro, Lucim foi até o local em uma motocicleta, próximo a torre de telefone, onde foi executado com seis tiros.

Ao sair para o encontro, Lucim avisou à testemunha: “Se eu morrer, você sabe quem foi o autor”.

A Polícia Militar informou que nada foi roubado da vítima, que estava com a moto e dinheiro na carteira. A perícia constatou que os tiros acertaram as costas, rosto e pescoço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário