Facebook

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Doadores de sangue reclamam de descaso

É a 3ª vez que os doadores de sangue tem problemas com veículos da prefeitura de Rio Pardo de Minas
Uma turma de doadores de sangue de Rio Pardo de Minas fez contato com a reportagem do Jornal Folha Regional para reclamar das condições do ônibus fornecido pela prefeitura municipal para o deslocamento até Montes Claros. Segundo eles, o ônibus está em péssimas condições e acabou quebrando na manhã desta quarta (05/04) na BR-251, distante cerca de 40 quilômetros de Montes Claros.

Os doadores relataram que ficaram toda a manhã desta quarta sem água e comida, pois o veículo quebrou em um lugar deserto. A turma saiu de Rio Pardo de Minas por volta das 03 horas e ficou toda a manhã a espera de socorro. Eles reclamaram da má vontade da Secretaria de Transportes em resolver o problema. Também pediram ajuda, em vão, aos diretores do Consórcio de Saúde (Cisarp).

A reportagem do Folha Regional fez contato com Cloves Vítor, assessor da Secretaria de Transportes da Prefeitura de Rio Pardo de Minas e ele explicou que tentou resolver o problema assim que foi acionado. “Houve um atraso por que não temos outro ônibus disponível. Tentamos ajuda junto ao Cisarp, mas não fomos atendidos. Daí, a única saída foi conseguir um veículo particular para prestar o socorro. No entanto, em nenhum momento a Secretaria de Transportes negou ajuda”, disse Cloves. O veículo contratado socorreu os doadores por volta das 11:30hs.

Conforme os doadores, que vão voluntariamente à Montes Claros, é a terceira vez, em menos de um ano, que eles ficam na estrada por problemas mecânicos em veículos públicos. “Todas às vezes o pessoal da prefeitura disponibiliza ônibus em péssimo estado de conservação”, reclama um dos doadores, que pediu para não ser identificado. “Para conseguir o transporte é a maior burocracia, e quando conseguimos sempre disponibilizam veículos sem manutenção”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário