Facebook

sábado, 20 de maio de 2017

Família Costa/Mendes está revoltada com agressões durante a Festa de Maio

Jovem da Família Costa/Mendes mostra agressões
Um simples desentendimento durante o show da banda "Chicabana", na noite do 2º dia da Festa de Maio, em Taiobeiras, se transformou numa confusão sem precedentes. Conforme relatos dos membros da família agredidos, tudo começou com uma simples filmagem do show, ocasião em que uma mulher reclamou de ter sido gravada e o seu marido tentou tirar satisfação com o grupo familiar.

Com o princípio de tumulto e algumas trocas de empurrões, o marido chamou uma equipe Camuflada do Choque, que teria chegado já abafando o suposto tumulto. E é por essa ação que os familiares reclamam, pois alegam que a "Equipe do Choque" chegou batendo, sem pedir explicações. Logo após, chegaram mais agentes, inclusive militares.

O funcionário público Cleyton Costa, que estava na turma, alega que não havia motivo para agressões. "A situação era fácil de ser controlada, pois o motivo do desentendimento era apenas a gravação de um vídeo. Não precisava de violência", alega Cleyton ao Folha Regional.

Neste momento, membros da Família Costa/Mendes estão no Pronto Socorro de Taiobeiras fazendo corpo de delito, pois decidiram acionar os agentes judicialmente.

Agredidos fizeram corpo de delito
A reportagem do Folha Regional procurou o Major Giovane Rodrigues, comandante da Polícia Militar, para se manifestar sobre o caso. Ele disse que viu "várias intervenções traumáticas, todas provocadas pelos envolvidos, geralmente por brigas". O Major disse também que "muitos não aceitam a intervenção" dos agentes de segurança. "Não tem como saber quem está certo ou errado numa briga. A PM chegou tem que respeitar", disse o Major.

Quanto às reclamações dos envolvidos, o Major comentou que tinham mais de dez mil pessoas na praça, e indagou o porquê apenas "umas cinco" estão insatisfeitas. "Se fosse o caso de estarem certos, que não posso aferir... Tem um ditado... Quando um não quer, dois não brigam", disse.

Por fim, o Major Giovane disse que se houver alguma insatisfação, irá apurar. "Se houver excessos adotaremos as providências de acordo com o caso. E se houver denunciação caluniosa contra a ação policial, os responsáveis serão acionados na Justiça", concluiu.


16 comentários:

  1. A festa estava boa e esse pessoal tumultuando desde cedo. Aplausos para polícia que colocou todos no devido lugar.

    ResponderExcluir
  2. Realmente... os policiais já chegam batendo... Se vêm bastante para averiguar o fato ocorrido,deve ouvir os 2 lados... agressão é fora de moda,pois ,em caso de cometimento de crime não é preciso aplicar a TORTURA em praça pública igual era feito na Idade Média... Não peço aqui para usar o bom senso ,mas sim aplicar a lei... Confusão em que outras pessoas,inclusive criança(Meu Deus! Criança depois de meia-noite na rua-ainda com os pais)ESTÃO EXPOSTAS AO PERIGO DEVE SER CONTIDA SIM,MAS HÁ DE CONVIR QUE TANTO A SEGURANÇA PRIVADA QUANTO À PÚBLICA ESTÃO EM VANTAGEM AO CIDADÃO COMUM,POIS PORTA CACETETE,SPRAY DE PIMENTA E ARMAS DE FOGO... Espancar quem começou um princípio de conflito está bem fora de manter a ordem do ambiente...expulsar do ambiente,retirar para conversar fora do ambiente bem melhor,enfim,aplicar a lei e não a TORTURA em praça pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente acontece excessos, mais isso é em decorrência da fama da Cidade, de povo folgado e indivíduos violentos,e ninguém tem estrela na testa. É nas próximas vezes é deixar o bicho pegar.

      Excluir
  3. ....no meu ver, violência desnecessária em especial na agressão sofrida pelo jovem Edson Adriano, vulgo bidê do buteco, presenciei a agressão sofrida por ele, e em momento algum ele ofereceu resistência ou enfrentou os policiais sem contar que também agrediram sua namorada que estava apenas tentando acalmar a situação, presenciei isso tudo na portaria, e quando indaguei com um militar daqui ao qual não lembro seu nome dizendo a ele sobre a integridade moral de Edson me disse "segue andando e vai embora que é melhor pra vc" e um total tom de ameaça. Admiro muito o trabalho da corporação, mais essa ai pegou muito mal.

    ResponderExcluir
  4. RESUMIDO POLICIA MAL PREPARADA QUE DIZER E SÓ CHEGAR E BATER QUE RESOLVE O PROBLEMA A QUE PONTO CHEGAMOS

    ResponderExcluir
  5. A lei serve pra todos inclusive policias se errou tem q pagar sim

    ResponderExcluir
  6. E sempre assim a culpa é do autor e eles sai como vítimas mas na verdade é que si acham por que tão com uma palavra que tem fé pública perante a justiça mas na hora de enfrentar bandidos de alta periculosidade são umas fragas morrem de medo mas se forem pessoas de bem já chegam batendo e por aí vai inclusive este não é o primeiro caso de agressão por parte da polícia militar registrado este mês não pois teve o caso de uma mulher é uma criança de 12 anos agredidas pela polícia rodoviária semana passada por vários covardes que agrediram uma criança só por que tava filmando uma ação irregular de policiais mal preparados e quando sua mae foi defender seu filho foi fortemente agredida também é foram levadas presas a mãe e seu filho de 12 anos e assim que a polícia militar quer ser respeitada honde estar as leis deste país cadê o curso de direitos humanos que o major dis que a tropa fizeram honde está o preparo desta tropa cadê o major que nem teve o interese de apurar esta situação mas ainda bem que foi com muita espera que si tornou realidade temos um delegado da polícia civil indrome que conhece os direitos humanos onesto e que está empenhado em mudar e combater a impunidade de nossa querida taiobeiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu hipócrita (a), analfabeto (a), vai estudar seu atrasado, em vez de criticar, vai fazer um curso de português, vai inteirar-se da ocorrência antes de questionar sobre os fatos.

      Excluir
  7. Taio e assim mesmo o povo do bem apanha da pm e os bandidos tamao de conta

    ResponderExcluir
  8. Engraçado. Ninguém fala o que o cara estava fazendo de errado. Só questionam a atuação da polícia. "Pessoas de bem" também fazem coisa errada. Agora porque é parente de fulano ou ciclano não poderia fazer isso. Se fosse de tal lugar, era bandido e a polícia tinha que matar. Parece que a hipocrisia está no sangue do brasileiro mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polícias em festa, se dar moleza apanha de vândalos, tem q descer o pau mesmo pra passar segurança pra quem realmente foi curtir a festa

      Excluir
  9. Bandido, bandido mesmo, quantos foram presos? É muita INCOMPETÊNCIA!!!!!

    ResponderExcluir
  10. ENTENDO POR QUE A PROMOTORA NÃO GOSTA DA ATITUDE DA MAIORIA DESSES POLICIAIS...

    ResponderExcluir
  11. O povo de Taiobeiras tem que sofrer mesmo, nada ta bom pra essa gente.Muitos reforços foram vindo de fora para dar suporte na festa e a orientação que os policiais de fora tem é que Taiobeiras e o lugar da criminalidade. por que culpar só a PM fez o que tinha que ter feito e pronto. A festa estava ótima graças ao comandante desse batalhão.segurança total Parabéns Prefeito Danilo e vice Vitor Hugo.

    ResponderExcluir
  12. Salinas o povo apoia a PM, em Taiobeiras é o contrário...

    ResponderExcluir