Facebook

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Latrocínio tentado é desvendado em Salinas

Equipe da Polícia Civil apresenta dois dos três autores
Na manhã desta quarta (21/06) a equipe da Polícia Civil de Salinas, comandada pelo delegado José Eduardo, desencadeou outra operação contra o crime na cidade. Eles apuraram um latrocínio tentado ocorrido no mês de abril em um restaurante localizado no quilômetro 250 da BR-251, quando três bandidos renderam o proprietário para roubar.

De acordo com as investigações de Dr. José Eduardo, os assaltantes armados mantiveram o comerciante sob cárcere até subtrair todos os valores do estabelecimento. Por fim, os meliantes desconfiaram de que o comerciante teria mais dinheiro, e com a negativa, eles passaram a efetuar disparos dentro do comércio, sendo que um dos tiros acertou a perna da vítima.

Após o trabalho de investigações, o delegado requereu as prisões de dois autores identificados, cujos os mandados de prisões foram cumpridos nesta quarta. Um dos autores é menor de 17 anos, o outro tem 19 anos. O terceiro envolvido ainda não foi identificado, mas com as prisões dos comparsas, os investigadores têm a expectativa de prendê-lo nos próximos dias. Todos são suspeitos de outros crimes na região de Salinas.

O comerciante baleado ficou hospitalizado por uma semana e, até então, convive com uma munição alojada na perna. “Latrocínio é um crime grave que precisa ser combatido, pois aterroriza a sociedade”, destaca o delegado.

2 comentários:

  1. Parabéns a civil de salinas sempre esta mostrando serviço au contrario de Taiobeiras

    ResponderExcluir
  2. aff tem que mostrar a cara ou então colocar o nome pra identificarmos esses maus elementos, daqui a pouco estão de volta a sociedade

    ResponderExcluir