Facebook

terça-feira, 11 de julho de 2017

Motorista de ônibus clandestino se apresenta em Salinas

Motorista Maurício disse que evadiu do local pegando uma carona com carreteiro
Nesta terça (11/07) o motorista Maurício Antônio de Souza, de 52 anos, se apresentou, acompanhado de advogados, na delegacia da Polícia Civil de Salinas. Ele conduzia o ônibus envolvido em grave acidente na BR-251 no último dia 19 de junho, ocasião em que 12 pessoas foram mortas e 20 ficaram feridas. O coletivo da empresa MJ Turismo, que circulava de forma clandestina, seguia de São Paulo com destino a Euclides da Cunha, na Bahia.

Ao se apresentar ao delegado José Eduardo Santos, o motorista alegou que evadiu do local do acidente por medo de represálias. Como havia um Mandado de Prisão em aberto, Maurício prestou depoimento e foi preso temporariamente, podendo ficar até cinco dias no presídio local, prazo em que o inquérito deverá ser concluído, já que resta apenas a juntada do laudo pericial do local do acidente.

A perícia já adiantou que de fato a velocidade impressa pelo condutor, agora investigado no inquérito policial, era bem superior àquela permitida no local onde se deu o acidente”, informou Dr. José Eduardo ao Jornal Folha Regional. “Maurício deverá responder por homicídio doloso na modalidade de dolo eventual E caso pronunciado responderá ao procedimento do Tribunal do Júri”, completou o delegado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário