Facebook

quinta-feira, 6 de julho de 2017

PRF reduz patrulhamento por falta de dinheiro

Serviço que já é ruim por falta de efetivo, vai piorar
A Polícia Rodoviária Federal vai suspender temporariamente alguns serviços devido a contingenciamento orçamentário, informou o órgão, em nota, na quarta (05/06). Entre as medidas estão o desativamento de unidades operacionais, a suspensão imediata de resgates e policiamento aéreo e a redução de patrulhamento terrestre.

No Norte de Minas, a Polícia Militar Rodoviária já assumiu a fiscalização na BR-135, entre Montes Claros e o Trevo da BR-040. Além disso, a partir desta quinta-feira (6), serão suspensos os serviços de escolta em rodovias federais. O serviço é prestado, entre outros, a veículos com cargas superdimensionadas.

O horário de funcionamento das unidades administrativas será alterado, com prioridade de atendimento ao público das 9h às 13h. As superintendências regionais divulgarão novos horários de funcionamento. A PRF informou que o cronograma de desativação de unidades operacionais se dará conforme planejamento e adequação regional.

As medidas foram tomadas devido ao contingenciamento estabelecido no Decreto 9.018/2017, que dispõe sobre a programação financeira e orçamentária do Poder Executivo para este ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário