Facebook

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Visita de ministro à Montes Claros serviu apenas para fotos

Helber Barbalho, da Integração Nacional, não anunciou as esperadas obras de barragens
O ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, frustrou as lideranças do Norte de Minas, durante visita à Montes Claros na manhã de quarta (05/06), quando ficou sem atender aos pleitos da região e retornou à Brasília sem anunciar nenhuma obra ou benefício para o Norte de Minas.

A expectativa era dele anunciar recursos para retomada das Barragens de Berizal e Jequitaí ou mesmo o início da Barragem de Congonhas, mas, com o argumento de crise financeira, e, ainda, da necessidade da região definir suas prioridades, ele deixou os prefeitos do Norte de Minas com o pires na mão, mais uma vez.

O ministro estava acompanhado de sete deputados federais. No entanto, a visita serviu apenas para os prefeitos tirar fotos, nada mais.

Sem nenhum anúncio, restou ao presidente da AMAMS, José Reis Nogueira Barros, apresentar uma série de demandas, como a recuperação do canal do Projeto Jaíba, de R$5 milhões e os recursos para as obras das barragens de Berizal, Congonhas e Jequitaí.


Nenhum comentário:

Postar um comentário