Ossada encontrada na comunidade Alazão é de Emilly

Emilly tinha 07 anos quando desapareceu
Na manhã desta segunda (18/09) a Policia Civil de Rio Pardo de Minas confirmou, através de material genético, que a ossada encontrada na comunidade Alazão, distante 8 quilômetros de Rio Pardo, é da garota Emilly Ferrari, desaparecida misteriosamente no dia 04 de maio de 2013, época em que tinha 07 anos.

A informação do resultado do exame de DNA foi confirmada pelo advogado da família de Emilly, Dr. Diogo Emanuel. “Eu nunca imaginei que sofreria tanto com um caso que tornou parte da minha vida. São 12 anos de advocacia e hoje estou destruído”, comentou o advogado.

A reportagem tentou falar com o delegado de Rio Pardo de Minas, Dr. Luiz Cláudio, mas ele não atendeu o Jornal Folha Regional.

A ossada foi achada no último dia 27 de abril por um maquinista que fazia a manutenção de uma estrada vicinal. Os restos mortais estavam em um matagal às margens da estrada de terra. O material foi encaminhado para perícia, juntamente com o material genético da mãe de Emily, Tatiane Ferrari. Inicialmente, o laudo ficaria pronto em 30 dias, mas o resultado só foi confirmado nesta sexta, 142 dias depois.

A notícia sobre o resultado da perícia abalou a população de Rio Pardo de Minas, que, mesmo após quatro anos do desaparecimento da menina, ainda alimentava esperanças de encontrá-la viva.

Uma fonte do Jornal Folha Regional informou que a Polícia Civil pode pedir a prisão preventiva do suposto autor a qualquer momento. As investigações continuam para apurar as vertentes do crime.

O caso – Emilly Ferrari desapareceu enquanto brincava na porta da casa da mãe Tatiane Ferrari, localizada na avenida Padre Horácio Giraldi. Ela usava um vestido preto e segurava uma boneca negra – chamada por Emily de Pretinha.

Até então, o sumiço da menina já tinha sido investigado como sequestro, cárcere privado e até por tráfico internacional de pessoas. Cogitou-se ainda que ela poderia ter sido raptada por ciganos e levada para outro Estado e até para fora do Brasil.

A mobilização em torno do caso foi tão grande que o empresário Carlos Humberto chegou a oferecer R$ 50 mil a quem desse uma pista concreta sobre o paradeiro da menina.


Comentários

  1. Por favor,vamos ser as câmeras que vigiam nossas crianças.É muita dor... Imagino que a pessoa raptou e,andando com ela,ela começou a chorar e para não deixar só ,abandoná-la,preferiu matar e esconder o corpo... O homem que fez isso ficou com medo de ela ter reconhecido e contar para a polícia...Quanta crueldade...Mas Deus há de mostrar quem fez tamanha barbaridade,atrocidade,..é questão de tempo.

    ResponderExcluir
  2. TRISTE NOTÍCIA!!!! QUE DEUS CONFORTE O CORAÇÃO DE TODOS FAMILIARES!!! UM DETALHE: ESTA FOTO DA GAROTINHA NA MATÉRIA PARECE SER DIVERGENTE!!! OBRIGADO!!!

    ResponderExcluir
  3. MEU DEUS, QUANTO SOFRIMENTO DURANTE TODOS ESSES ANOS QUE A FAMÍLIA ALIMENTAVA A ESPERANÇA DE ENCONTRA LÁ.
    ESSA PESSOA QUE TEVE A MONSTRUOSIDADE DE FAZER ISSO COM UMA CRIANÇA INDEFESA, E DE TRAZER TANTA DOR A FAMÍLIA, MERECE APODRECER NA CADEIA.��

    ResponderExcluir
  4. Muito triste até onde vai a crueldade d um ser humano era apenas uma criança inocente......

    ResponderExcluir
  5. Muito triste até onde vai a crueldade d um ser humano era apenas uma criança inocente......

    ResponderExcluir
  6. a pessoa que fez isso nao tem coraçao mais cedo ou mais tarde vai sentar no colo do capeta

    ResponderExcluir
  7. O meu Deus oque passou na cabeça di uma pessoa dessa fazer o mal A UMA CRIANÇA TÃO INOCENTE MEU DEUS MEU DEUS !!!

    ResponderExcluir
  8. Olha gente é muita dor no coração fico imaginando o quanto é sofrimento e a pessoa que fez isso colocar a cabeça no travesseiro e conseguir dormir essa pessoa e tão fria e um monstro tenho pena desse monstro que vai pagar por isso mais cedo ou mais tarde vai a justiça de Deus tarda mais não falha......

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

PM realiza operação “Stop Preventivo”

Retiro estreia com vitória na Copa Folha Regional

Chuva de gols na abertura da Copa Folha Regional