Barra de Alegria protesta contra insegurança

Moradores saíram às ruas para pedir presença da PM
Na manhã deste sábado (28/10) centenas de moradores do distrito da Barra de Alegria, município de Indaiabira, saíram às ruas para protestar contra a falta de segurança pública na localidade. Os casos de violência vêm afligindo a população. Já são inúmeras vítimas de assaltos, furtos e agressões, além do tráfico de drogas fluir livremente.

Um dos casos mais revoltantes aconteceu na noite do dia 18 de setembro, quando dois bandidos invadiram uma residência para roubar, mas como não acharam dinheiro, eles deram um tiro na vítima. Com isso, a sensação de revolta aumentou muito na comunidade.

O alto índice de criminalidade em Barra de Alegria deixou os moradores com medo. Até a escola do distrito é alvo da bandidagem. Com não houve resposta do poder público, a população resolveu protestar na manhã deste sábado.

Crianças, jovens e adultos se reuniram em frente a igreja do distrito com faixas e cartazes. Eles percorreram as principais ruas e foram para o trevo da rodovia LMG-602, onde interditaram o trânsito e clamaram por segurança pública. Conforme apurado pelo Jornal Folha Regional, os moradores querem que seja criado um Destacamento da Polícia Militar, com viatura e militares fixos no distrito.
Manifestantes percorreram as principais ruas da Barra de Alegria

Comentários

  1. Fico muito feliz que a população da Barra da Alegria tenha se unido e mostrado pra toda sociedade que eles têm voz. Todos estão cansados de assistir passivamente atos de violência. Além do mais, é inadmissível que uma comunidade de quase dois mil de habitantes não tenha uma base polícial, que essa manifestação possa sensibilizar as autoridades competentes e que uma atitude seja realizada.

    ResponderExcluir
  2. Eu morei em São João do Paraíso por dois anos, e sempre que passava de carro por esta comunidade dava carona aos seus moradores, e ouvia vários relatos dos mesmos sobre assaltos e furtos na localidade. Eles diziam que não existe policiamento local e que estavam entregues à própria sorte.Isso é lamentável, pessoas honestas, trabalhadoras e sofridas deixadas de lado pelo despoder público, pois se fosse poder público eles teriam mais dignidade e segurança. Ass.Rocco.

    ResponderExcluir
  3. Isso e uma vergonha mais tem que cobrar e do prefeito ZE DE MAURINA que só anda escorregando igual a quiabo,os policias tem que sai de Indaiabira para poder trabalhar na barra porque la e município de Indaiabira.

    ResponderExcluir
  4. Tem que cobrar de ZE quiabo mesmo, menos de um ano de mandato e a cidade de Indaiabira acabou, muitas promessas e nada de cumprir. Tá fazendo como ele sempre fez sumiu, não está bem aí para o povo. Falava que Lucim andava de cabeça baixa pelo menos a gente via ele na rua era acessível e atendia até na sua casa agora Ze quiabo escorrega do povo, isso é prefeito nada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

Acidentes com mortes na região

PM prende mais um assaltante de banco

Vítima de acidente em Salinas morre no hospital