Latrocida da Bahia é preso em povoado de Taiobeiras

Além de latrocínio, Edinilson responde por cerca de 20 assaltos
Na sexta (24/11) um homem considerado de alta periculosidade foi preso em uma residência do povoado de Mirandópolis, zona rural de Taiobeiras. Ele era foragido da Justiça no estado da Bahia, onde cometeu um latrocínio no ano de 2013 e responde por cerca de 20 assaltos a mão armada na zona rural de Piripá (BA).

Edinilson Ramiro da Silva, de 36 anos, estaria morando em Mirandópolis há cerca de seis meses e trabalhava em uma carvoeira. Foi apurado que ele praticava os assaltos com a ajuda do filho e de um sobrinho, que foi preso há três meses.

Geralmente as vítimas escolhidas eram idosas e eles agiam com crueldade, chegando a agredir e amarrar vítimas para roubar. No caso do latrocínio, ele teria atirado na vítima após reação ao assalto.

O homem foi levado para o presídio de Taiobeiras e deve ser encaminhado para Piripá, onde responderá pelos crimes.

Comentários

Mais lidas da Semana

Acidentes com mortes na região

PM prende mais um assaltante de banco

Vítima de acidente em Salinas morre no hospital