Jovens de Rio Pardo e Taiobeiras são presos no tráfico

Moça flagrada fazia críticas à polícia nas redes sociais 

Na noite de sábado (17/02), uma jovem de 19 anos, de Rio Pardo de Minas, estava usando a rede social WhatsApp para comercializar maconha, crack e cocaína. A autora foi abordada em um veículo após a polícia receber denúncia sobre a venda de drogas.

Com a jovem, que costumava criticar a polícia nas redes sociais, os militares encontraram 29 buchas de maconha, 53 pedras de crack e 10 pinos de cocaína. Os policiais também apreenderam materiais para embalar drogas e dinheiro. Os usuários de drogas fazia contato com a traficante pelo WhatsApp. Um rapaz, de 25 anos, que estava no carro onde a droga seria entregue, também foi conduzido.

Na mesma noite, em Taiobeiras, um suspeito de 18 anos também foi preso por tráfico de drogas. O suspeito estava em uma motocicleta no bairro Bom Jardim e não obedeceu a ordem de parada sinalizada pelos militares, sendo iniciada a perseguição.

Ao ser abordado, os militares encontraram com o suspeito uma porção de cocaína, bucha de maconha e materiais de embalagem. Ele também é acusado de traficar por meio do WhatsApp, por isso seu aparelho de celular foi apreendido e a Polícia Civil irá investigar a denúncia.
Materiais apreendidos com a moça de Rio Pardo de Minas

Comentários

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

Assaltantes que atuavam na BR-251 são presos em Salinas

Servidor público de Berizal é preso sob acusação de estupro

Veículo pega fogo ao acionar a ignição