PC prende pedófilo em São João do Paraíso

Homem de 65 anos abusava de menina de 13 anos, neta de sua amásia
Depois de um belo trabalho de investigação, que durou cerca de 5 meses, a Polícia Civil de São João do Paraíso, comandada pelo delegado Everson Moura, conseguiu prender, na manhã desta terça (27/02), um homem identificado por Roberto, de 65 anos, acusado de abusar de uma menina, que hoje tem 14 anos, mas os abusos teriam iniciados quando ela tinha 13 anos.

Conforme Dr. Everson, as investigações apontam que o homem aproximou da avó da menina para praticar o abuso sexual. “Ele aproveitava do namoro com a avó para praticar os abusos quando não havia ninguém por perto”, relata o delegado, que conseguiu uma prisão preventiva junto à Justiça local.

Mesmo com uma medida protetiva em vigor, o homem se aproximava da adolescente e oferecia presentes, geralmente roupas, para que ela permanecesse calada. Ainda conforme o delegado, os abusos teriam acontecidos de três a quatro vezes na casa da avó. O fato do autor ser amasiado com a avó facilitou a prática do crime.

A investigação foi iniciada com a denúncia da mãe da vítima junto ao Conselho Tutelar. Ela desconfiou do comportamento da filha e procurou ajuda.

Ao receber voz de prisão, o suspeito de pedofilia não reagiu. Segundo Dr. Everson, ele responderá por estupro de vulnerável. Se condenado, a pena pode chegar a 15 anos de cadeia. O processo corre em segredo de justiça.

Comentários

Mais lidas da Semana

Assaltantes que atuavam na BR-251 são presos em Salinas

Servidor público de Berizal é preso sob acusação de estupro

Veículo pega fogo ao acionar a ignição