15 deputados estaduais foram eleitos com menos de 32 mil votos

Andreia de Jesus, 40 anos, de Ribeirão das Neves, foi eleita com 17.689 votos pelo PSOL

A microrregião Alto Rio Pardo continua sem representantes na Assembleia de Minas por total incompetência e desinteresse dos eleitores. A região, com 172 mil eleitores, não consegue eleger um representante para a Assembleia Legislativa, muito menos para o Congresso Nacional. Uma clara demonstração da falta de unidade regional.

E olha que a tarefa não é tão difícil, já que a Assembleia de Minas passará a ter 15 deputados estaduais eleitos com menos de 32 mil votos.

Confira os deputados eleitos com menos no último dia 07 de outubro:
Bartô do Novo (Novo) - 31.991 votos
Raul Belem (PSC) - 31.788 votos
Prof. Wendel (SD) - 31.722 votos
Cleiton Oliveira (DC) - 31.347 votos
Osvaldo Lopes (PHS) - 31.161 votos
Alberto Pinto Coelho (SD) - 28.103 votos 
Coronel Henrique (PSL) - 27.867 votos 
Repórter Rafael (PRTB) - 27.463 votos
Fernando Pacheco (PHS) - 25.091 votos
Guilherme da Cunha (Novo) - 24.792 votos
Ana Paula Siqueira (Rede) - 23.371 votos
Prof. Irineu (PSL) - 21.845 votos
Gustavo Mitre (PSC) - 21.373 votos
Zé Gulherme (PRP) - 19.341 votos
Andrea de Jesus (PSol) - 17.689 votos

Com menor votação entre os 77 deputados eleitos, a advogada popular Andreia de Jesus, 40 anos, moradora de Ribeirão das Neves, conquistou 17.689 votos pelo PSOL e ficou com a última vaga na Assembleia.

Comentários

Mais lidas da Semana

Prefeitos decidem reduzir ano letivo, fechar prefeituras e cancelar convênios

Megaoperação desmantela quadrilha de assalto a banco

PM mata suspeito em confronto