Facebook

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Sebrae e produtores lançam marca “Região de Salinas”

Lançamento será nessa quinta (28/07) no Museu da Cachaça e visa criar uma identidade própria para mais de 100 produtores que fabricam 15 milhões de litros de cachaça por ano
Criação da marca visa identificar as cachaças produzidas no entorno de Salinas
Na noite dessa quinta, 28 de julho, o Sebrae Minas, em parceria com a Associação dos Produtores Artesanais de Cachaça de Salinas (Apacs), promove no Museu da Cachaça de Salinas o lançamento da marca “Região de Salinas”, que já possui registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) como Indicação Geográfica (IG), na modalidade Indicação de Procedência (IP), que garante sua origem.

De acordo com a Apacs, a região abriga cerca de 100 produtores distribuídos por seis municípios – Fruta de Leite, Novorizonte, Rubelita, Salinas, Santa Cruz de Salinas e Taiobeiras. A produção total, inteiramente artesanal, chega a 15 milhões de litros por ano, comercializada sob mais de 50 marcas. Os atributos naturais da região são determinantes para as características do produto e contribuem para definir o terroir, a exemplo de outras bebidas ao redor do mundo. Estes são, aliás, alguns dos requisitos exigidos pelo INPI para a conquista da marca Região de Salinas.

O lançamento da marca é parte integrante do trabalho que é desenvolvido pelo Sebrae Minas junto aos produtores de cachaça da região. “Através da organização de um grupo de produtores de cachaça, e trabalhando sua identidade com foco em novos mercados e melhor posicionamento, nosso objetivo é fortalecer sua marca e origem junto aos diversos compradores e consumidores”, ressalta o analista do Sebrae Minas, Ricardo Boscaro. Os produtores foram orientados sobre a importância do trabalho em grupo, o fortalecimento do associativismo, a revisão do regulamento de uso da Indicação de Procedência e a análise do mercado.

A importância da marca – Edson Souza Martins produz a cachaça ‘Encantos da Marquesa’ há nove anos na região. Ele acredita que a criação da marca Região de Salinas é fundamental para alavancar ainda mais a produção da bebida. “Temos uma cachaça de alta qualidade e essa identificação regional que está sendo criada vai ajudar a valorizar nosso produto, dar maior visibilidade no circuito turístico e contribuir para a diminuição da informalidade, que prejudica quem trabalha dentro da lei e paga os impostos” diz.

Dono da marca “Tabua”, na divisa de Salinas com Taiobeiras, Lucas Mendes destaca que a criação da marca Região de Salinas é importante tanto para os produtores como para os consumidores. “Com essa marca vamos criar uma identificação geográfica com o público, que terá a confiança de que, ao adquirir uma cachaça aqui da região, vai consumir um produto com todas as características e qualidades da autêntica cachaça de Salinas. Vamos criar um feedback com o nosso consumidor” argumenta Lucas, que também vende a bebida para a Alemanha.

4 comentários:

  1. Merecido sucesso a todo o povo de Salinas!!! Apreciamos muito a dedicação de voces.
    Pedro de Alcântara-Jundiaí-SP.

    ResponderExcluir
  2. Pelo que eu entendi aí é uma especie de valorização do produto da região, então parabéns a região, não só Salinas, mas sim o produto que é fabricado na região de Salinas como as cidades citadas aí... Exemplo a cachaça fabricada também em Taiobeiras ganha uma marca "Região de Salinas". Isso é muito bom...

    ResponderExcluir
  3. Muito bom mesmo..em meio a tanta coisa ruim uma ótima noticia. parabens a todos. Muito merecido.

    ResponderExcluir