Facebook

domingo, 9 de junho de 2013

Salinas é bi-campeã

De forma espetacular, Salinas faz 3x0 e cala o lotado estádio de Retiro
Empresário Adailton Mendes, da Redenorte, entrega troféu aos campeões de 2013


COPA FOLHA REGIONAL – Depois de perder o 1º jogo em casa por 2x0, a seleção de Salinas conseguiu fazer o que poucos acreditavam: vencer a seleção de Retiro por diferença de três gols para ficar com o título regional. No entanto, o que era improvável se tornou realidade e os guerreiros salinenses, liderados pelo atacante Arthur, venceram a forte Retiro por 3x0 e sagraram-se bi-campeões da Copa Folha Regional.

Mais uma vez aconteceu uma linda festa do futebol amador na microrregião Alto Rio Pardo. O aconchegante estádio de Retiro estava lotado. Gramado impecável. Segurança perfeita da Polícia Militar. Transmissão ao vivo para 10 rádios da região. Camarote. Trio de arbitragem federado. E o fino do futebol amador em campo.

Com a bola rolando, Salinas logo partiu para o ataque e surpreendeu Retiro aos 7 minutos, quando o atacante Arthur abriu o placar com belo gol de cabeça. A vibração foi incrível, pois o gol no início do jogo aumentou a confiança dos salinenses e preocupou os retirenses.

Aos 11 minutos, quase que Arthur marca outro gol de cabeça, mas a bola foi pra fora.

Empurrada pela torcida, a seleção de Retiro iniciou uma reação e passou a criar boas jogadas de ataque.

Aos 22, Retiro conseguiu marcar com o atacante Geno, mas o árbitro anulou o gol, pois o auxiliar marcou impedimento de Vonim, que tinha tocado a bola para Geno. Houve muita reclamação.

O jogo era lá e cá. Ambas as seleções optaram pelo ataque e os goleiros Gel, de Retiro e Soneca, de Salinas tiveram muito trabalho no 1ª tempo.

No 2º tempo, Retiro começou melhor e fazia muitas jogadas pela direita, com o lateral Edimário, o popular Edi, que foi escolhido o melhor jogador de 2013.

Aos 9 minutos, o atacante Arthur saiu driblando na intermediária e da entrada da área acertou um chutaço, fazendo 2x0 para Salinas. O estádio calou e os salinenses foram à loucura.

Aos 12, o zagueiro Rodrigo cobrou bela falta, mas a bola passou por cima, rente ao travessão.

O jogo ficou nervoso e trucado, com muitas faltas.

Aos 22, após cobrança de falta, o atacante Geno, livre de marcação, perdeu grande chance ao errar cabeçada.

Aos 25, Eré acertou forte chute, mas a bola passou por cima.

Aos 27, após escanteio, o atacante Aurélio acertou forte chute de esquerda e Gel fez ótima defesa.

Aos 30, o meia Gandhy, depois de carrinho perigoso, foi expulso, com isso a pressão de Retiro aumentou ainda mais.

Aos 32, o atacante Murilo recebeu livre na grande área e tocou na saída do goleiro, mas Ricardo conseguiu tirar para escanteio e Retiro perdeu grande chance de marcar.

A pressão de Retiro era incrível. A torcida assistia o jogo de pé e Salinas se defendia de todas as maneiras.

Aos 38, depois de incrível bate-rebate dentro da área, o meia Vonim pegou o rebote e acertou forte chute, mas o Ricardo tirou o gol com o pé.

Aos 42, após contra-ataque, Salinas teve uma falta na linha de fundo pela direita. Após a cobrança, Aurélio cabeceou na trave, no rebote houve incrível bate-rebate e a bola sobrou para Admilson, que acertou belo chute e fez o gol do título.

No final, Retiro ainda criou algumas oportunidades, mas não conseguiu marcar.

Ao apito final, atletas e comissão de Salinas foi ao delírio, já pelo lado de Retiro apenas lágrimas.

Com o título, Salinas iguala-se com Divisa Alegre, as únicas bi-campeãs.
Solenidade de abertura
População de Retiro superlotou o estádio municipal
Atacante Arthur sobe e marcar o 1º gol de cabeça
Atletas de Salinas vibram com a conquista do bi

2 comentários:

  1. Parabéns pelo campeonato! Muito organizado, melhor até do que alguns profissionais que existem por esta Minas Gerais aí!

    ResponderExcluir
  2. òtimo jogo! parabens as duas equipes que jogaram muito...

    ResponderExcluir