Sob vaias, Ministro Padilha lançou ‘Mais Médicos’ no Norte de Minas

Ministro Alexandre Padilha enfrenta protestos durante lançamento do Programa em Montes Claros

ALTO RIO PARDO – Minas Gerais tem vários municípios sem nenhum profissional morando no local. Conforme o Ministério da Saúde são 78 municípios com menos de um médico para cada grupo de mil habitantes, dentre eles, 26 são do Norte de Minas e outros 15 no Vale Jequitinhonha. Para resolver este problema, o Governo Federal lançou o programa ‘Mais Médicos’, que visa pagar salários de R$ 10 mil e um bônus de R$ 20 mil para os profissionais interessados em atender esses municípios.

Segundo estudo feito pelo Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG), a carência é muito maior, apontando que 209 dos 853 municípios mineiros não têm médicos. Outros 148 municípios contam com apenas um profissional.

A carência de médicos no interior do País é tão grande que o Ministério da Saúde admite que qualquer cidade pode se candidatar a receber médicos através do Programa.

Conforme o CRM-MG, o estado possui 38.680 profissionais, média de 1,97 médico para cada mil habitantes, mas muitos profissionais prefere morar na capital.

De acordo os critérios de vulnerabilidade social usado pelo ‘Mais Médicos’, seis municípios do Alto Rio Pardo se inscreveram e, inicialmente, terão prioridade: Curral de Dentro, Ninheira, Rio Pardo de Minas, Rubelita, Santa Cruz de Salinas e Santo Antônio do Retiro.

Vaias – No dia 20, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esteve em Montes Claros para lançar o Programa no Norte de Minas, oportunidade em que secretários de saúde e prefeitos receberam instruções e esclarecimentos sobre inscrições no Programa.

A ‘festa’ se transformou em protestos e bate-boca entre manifestantes da área de medicina e o ministro Alexandre Padilha.  Com palavras de ordem, faixas e cartazes, os manifestantes mostraram toda indignação com o Programa do Governo Federal.

Os quase trinta minutos da fala do ministro foi sob vaias, obrigando-o a fazer paradas para pedir calma aos manifestantes para que pudesse detalhar o programa. O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz e o deputado estadual Paulo Guedes, único da região presente, também foram alvos dos manifestantes. 

Menos de dez prefeitos do Norte de Minas compareceram ao lançamento do Programa. O ministro esperava 93. Até os deputados da região correram do evento.

Comentários

Mais lidas da Semana

Mulher comemora 119 anos em Salinas

Nova lei proíbe divulgação de nomes e fotos de pessoas presas

Ex-Guarda Mirim de Salinas é o “campeão’ do vestibular da Unimontes