Homem mata amásia com picareta

Autor foi preso em flagrante pela PM de Salinas. Ele não aceitava a separação.

Na noite de quarta (28/11), por volta das 22 horas, aconteceu um terrível feminicídio na Rua Joaquim Rufino Franco, bairro Vista Alegre, em Salinas. Testemunhas contaram que o filho da vítima, de apenas 8 anos, saiu da casa pedindo socorro, pois a sua mãe tinha sido agredida com golpes de picareta na cabeça.

A PM foi acionada e quando chegou ao local deparou com o corpo na parte externa da casa, com a cabeça ensanguentada. O Samu e o Corpo de Bombeiros também foram acionados, mas a vítima Maria Aparecida Pereira, de 48 anos, já estava sem os sinais vitais.

A perícia da Polícia Civil constatou que houve uma perfuração na testa e duas na cabeça. A picareta usava no crime foi apreendida.

Logo em seguida, uma Guarnição da Polícia Militar, comandada por Sargento Dirceu, passou a executar intenso rastreamento pela cidade e imediações, conseguindo localizar o autor José Gomes, de 31 anos, próximo ao trevo na BR-251, sentido Montes Claros. Ele foi perseguido e abordado. Em depoimento, o autor confessou o crime e alegou que não concordava com a separação ocorrida há uma semana. Antes do crime, admitiu ter consumido bebidas alcoólicas.

Comentários

  1. Que cena terrível para essa criança de apenas 8 anos,vai precisar muito de ajuda psicológica.

    ResponderExcluir
  2. Um vagabundo. Tem q fica preso por resto da vida p aprender. Uma mulher trabalhadeira fazia d tudo pelos filhos, ótima vizinha, amiga de todos. To sem palavras😭😭😭😭😭😭😭

    ResponderExcluir
  3. Deus tenha misericórdia desse homem; isso está cada dia que passa se tornando normal. Homicídios, suicídios, latrocínios, feminicidios...etc

    Jesus está voltando, preparem -se!

    ResponderExcluir
  4. Parabens aos policias que pegarao esse vagabundo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

Carreta tomba e interdita parte da BR-251

Civil recupera carga avaliada em R$ 1 milhão

Tiros durante churrasco em circo