Prefeito de Indaiabira denuncia “caluniadores”

Representação foi feita após postagens nas redes sociais


Na tarde desta sexta (09/11) o prefeito José Severino, popular Zé de Maurina, de Indaiabira, esteve na Delegacia Regional de Taiobeiras para representar criminalmente contra eleitores que teriam lhe ofendido no Facebook e WhatsApp. “As pessoas não podem usar as redes sociais para ofender, denegrir e nem caluniar. Alguns perderam o respeito e a noção do que falam”, justificou o prefeito.

A polêmica surgiu depois que o prefeito anunciou que iria fechar a prefeitura e demitir 80 servidores, pois as retenções dos repasses ao município teria inviabilizado a administração. Conforme Zé de Maurina, o Governo de Minas deve R$ 3,8 milhões para a Prefeitura de Indaiabira.

Depois do anúncio, aconteceu uma avalanche de reclamações contra o prefeito e sua família nas redes sociais. “Por isso, estou tomando providências contra os ataques, pois fui ofendido e incriminado por coisas inverídicas”, explicou Zé de Maurina. “Essas pessoas vão ter que provar e dar explicações na justiça”, finalizou o prefeito.

Comentários

  1. Concordo com vc prefeito essas pessoas que critica a sua admistracao são pessoas que tinham bons cargos na gestão anterior.e estao louco pra voltar sugar denovo. Nunca eles van ti elogiar.pq eles querem voltar novamebre

    ResponderExcluir
  2. Belíssima atitude Prefeito.
    Se todo mundo agissem assim, esse povo fofoqueiro e caluniadores ficariam mais espertos.

    ResponderExcluir
  3. Processa todos os caluniadores, Sr. Prefeito.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais lidas da Semana

Dois meses depois de sair da cadeia, homem é preso

Gustavo Lima fará show em Taiobeiras