Facebook

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Salinas não paga Cisarp e transporte de pacientes com câncer é paralisado

Ônibus de Salinas transportava 24 pacientes por dia
Na manhã dessa terça (01/11) o transporte de pacientes feito pelo ônibus do Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS), gerenciado pelo Consorcio Intermunicipal de Saúde do Alto Rio Pardo – Cisarp, foi suspenso em Salinas por falta de pagamento. O prefeito Kinca Dias (PT) não efetuou o repasse de R$ 13.450,00 no último dia 10 de outubro para que o serviço fosse prestado durante o mês de novembro.

Com isso, dezenas de pacientes, inclusive portadores de câncer e HIV, estão com os tratamentos ameaçados. O ônibus do Cisarp transportava 24 pacientes diariamente.

Uma fonte informou que o prefeito Kinca sempre atrasou os pagamentos ao Cisarp durante todo o mandato. Por isso, agora no final do mandato, a direção do Cisarp, com medo de calote, resolveu paralisar o ônibus. A Secretaria de Saúde de Salinas foi informada sobre a paralisação do ônibus no dia 25 de outubro.

A reportagem apurou ainda que desde o dia 14 de outubro os pacientes de Salinas estavam viajando para Montes Claros sem o auxílio de uma técnica de enfermagem, fato que é proibido pela SETS. “O prefeito simplesmente demitiu as duas técnicas de enfermagem que faziam o acompanhamento dos pacientes”, afirmou o vereador eleito Júnior Garçom.

A denúncia é gravíssima, pois a maioria dos pacientes transportados pelo ônibus do Cisarp está em estado grave e viajam sem acompanhantes. No Cisarp, a informação é de que as técnicas são de responsabilidade exclusiva da Secretaria Municipal de Saúde.

A reportagem também apurou que se o prefeito Kinca efetuar o pagamento da mensalidade o serviço retoma imediatamente.

Na Secretaria de Saúde, a assessora Maria Fernanda informou que o secretário Weskley estaria viajando, por isso, a reportagem aguarda uma nota de esclarecimento.


14 comentários:

  1. Isso nao e novidade ja que todos nos ja sabemos do descaso do prefeito com relação a saude da nossa cidade

    ResponderExcluir
  2. Esse prefeito é ridiculo em todos os sentidos

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkk bem feito seus bandos de traidores...eu quero é mais

    ResponderExcluir
  4. Em Indaiabira e me Montezuma não estão acontecendo nada disso... Mesmo os prefeitos perdendo,os serviços básicos,atendimento à população,coleta de lixo,dipirona no Posto de Saúde ,... acontece tudo normalmente no sonho de centenas de pessoas... Se não demitir funcionários,atrasar pagamento,...como os derrotados vão juntar um dinheirinho extra para curtir longe deixando mais estragos para os novos prefeitos...? E o Ministério Público... põe uma pedra em cima na feira também de Valmir Feira.

    ResponderExcluir
  5. Mais uma do prefeitin fraquin

    ResponderExcluir
  6. acho tudo isso o fim e ainda aparece algum anônimo regozijando com essa situação achando bom, sera que essa pessoa não tem mãe? A política já passou seu anônimo desumano.

    ResponderExcluir
  7. É LAMENTÁVEL O QUE ESSE PREFEITO FEZ E TÁ FAZENDO COM SALINAS

    ResponderExcluir
  8. Faz isso não Kinca. Pense nos pobres. Ao invés de cortar serviços básicos, corte os puxa sacos.

    ResponderExcluir
  9. É de chorar ver o que está acontecendo em Salinas, aqui em Matrona ficou dois doentes sem ir pra Montes claros hoje, e eles tavam com consultas marcadas. Acorda Kinca!!!!!!!!!!!! a politica passa e vc vai continuar morando em Salinas e aí quero ver como vai ter coragem de olhar na cara do povo depois.

    ResponderExcluir
  10. Isso é só mais uma dessa administração. O Caps, não tem se quer o remédio mais básico...e ele ainda tem coragem de ficar postando no face que ta continuando com as obras. Os puxa saco ainda comentam que é o cara. Aaaaa faz me rir, durante todo o mandato dele sempre ficou largada a área que não podia fazer politicagem

    ResponderExcluir
  11. Parem de bla bla bla , sempre foi assim em todas as gestões , e não vai mudar. Ano que vem piora. Vamo ver se vai comentar no jornal.

    ResponderExcluir